sábado, 14 de outubro de 2017

Dra. Eduarda Maia

Cara madrinha, 
eu sei que não é habitual eu declarar-me a ti (tratei-te por tu, vês?) e sei que vais achar super estranho eu estar a fazer isto mas eu precisava de te dizer.

Tenho muito orgulho em ti, sabias?
Tenho muito orgulho em tudo aquilo que nos transmitiste durante o melhor ano da nossa vida, orgulho naquilo que foste com cada um de nós e especialmente comigo.
Eu sei que não sou a melhor afilhada do mundo, que não falamos as vezes que eu desejava e que não estou tão presente como se calhar ambas imaginamos, mas eu continuo a adorar cada conversa que temos.
Eu tenho a certeza que é tudo uma questão de fases, e que passe o tempo que passar o sentimento vai continuar cá.
Foste das melhores pessoas que conheci neste percurso e és das pessoas que mais quero levar para o resto da minha vida.


Eu tenho a certeza que faria a mesma escolha, todos os dias. 


3 comentários:

  1. É tão bom quando no final da praxe a relação de padrinhos/afilhados se mantém :)

    ResponderEliminar
  2. É maravilhoso quando a nossa escolha nos marca desta forma tão positiva e especial :)

    ResponderEliminar
  3. É das melhores ligações que criamos na universidade!

    ResponderEliminar