segunda-feira, 21 de agosto de 2017

Ensino Superior


Digam-me lá, futuros caloiros, que curso é que escolheram? 

quinta-feira, 17 de agosto de 2017

Viver ÁTOA!

Não é segredo para ninguém o carinho enorme que tenho por eles. Por cada um deles em separado, e por aquilo que eles representam enquanto banda. 
Os ÁTOA cresceram imenso desde a primeira vez que os vi ao vivo. Cada dia que passa tenho mais orgulho no trabalho que desenvolveram e no percurso que estão a percorrer. 
Se há alguma coisa que me faz ficar feliz espontaneamente são os concertos deles. Eles são das melhores pessoas que eu conheço, por serem tão genuínos, tão dedicados, tão simpáticos e acolhedores. Qualquer pessoa é bem recebida por eles. Já vos falei várias vezes do orgulho que tenho neles e já vos tentei transmitir o quão bons eles são naquilo que fazem. 

Tenho a sorte de poder assistir a alguns concertos deles e fico fascinada com cada um deles. Não há nada que me deixe mais feliz. Os dois minutos que eles estão com cada fã ao fim do concerto chegam para ficarmos encantados por eles.
No entanto, há um concerto que eu não quero (nem vou) perder. E é sobre este concerto que vos venho falar hoje.

No dia 6 e 7 de Outubro os ÁTOA vão apresentar o novo álbum e vai ser um daqueles momentos que eu não quero perder por nada deste mundo. Eu sei que vai ser um dia muito importante na vida deles e principalmente na carreira de cada um. Por isso, é um concerto obrigatório para cada fã. Eu vou porque sei que para alguém conseguir viver da música é preciso gastarmos dinheiro bem gasto. E eu apoio a música portuguesa e fico mesmo feliz por finalmente estarmos a evoluir. Por isso, dia 6 de Outubro nós, fãs dos ÁTOA, queremos encher o Hard Club. No dia 7 será a vez de Lisboa fazer isso no Estúdio Time Out. 
Podem comprar o bilhete aqui ou em qualquer concerto deles. Acreditem que são os 10€ mais bem gastos da vossa vida. 
Apoiem a música que se faz em Portugal. Vamos partir aquilo tudo! Conto convosco! 

segunda-feira, 14 de agosto de 2017

3 anos

Nem acredito que o blog faz 3 anos! 


Podia dizer-vos imensa coisa, poderia até fazer um enorme texto com tudo aquilo que tenho para vos agradecer e para agradecer à vida por me dar a oportunidade de conhecer pessoas tão boas através do meu blog, no entanto queria fazer algo diferente. Mesmo assim não perco esta oportunidade de vos agradecer. 
Obrigada por me lerem todos os dias, por aguentarem as minhas depressões, as minhas ausências, as minhas dúvidas existenciais. Obrigada essencialmente por continuarem desse lado.

Obrigada por me lerem só para saber como eu estou. "é a única maneira que eu tenho de saber como andas, Cat", "eu li o texto, precisas de alguma coisa?", "continuo preocupado contigo, eu leio o teu blog sabes?". Por todas estas vezes, e por todas as outras que leram o meu blog e mandaram mensagem a dizer que estavam comigo, mesmo que o meu mundo desabasse. 
Obrigada por me fazerem sentir em casa quando escrevo. 

video

Desta vez não há velas nem bolo de aniversário mas acreditem que há uma felicidade enorme por ter a sorte de poder continuar a escrever. 
Os que mais me orgulho de escrever: 17 de MaioATOA
Os mais lidos de sempre: Primark 424Carta para o meu antigo eu