quinta-feira, 28 de setembro de 2017

Algumas coisas que deves saber no regresso às aulas

1. Tudo conta: sabes aqueles mini-trabalhos que os professores passam a vida a mandar fazer? Tu pensas "oh, é só um trabalho. não conta para nada" Errado! Conta e no fim vais ver que tenho razão, conta mais do que imaginas. Faz esses trabalhos, mesmo que seja super chato entregar um trabalho todas as semanas. 

2. Participa nas aulas: eu não sou nada participativa. Mesmo que tenha uma opinião sobre o assunto (e tenho sempre opinião sobre tudo) não a dou. Não sejas como eu. Dá a tua opinião, responde às perguntas que fazem e tenta ser ativa nas aulas. Os professores gostam de pessoas que dão opinião e participativas. 

3. Há cadeiras que um 10 significa um 20, mas não te contentes com 10 a tudo. Dá o teu melhor em tudo o que fazes e por mais que seja difícil, tenta tirar boas notas. 

4. Cria rotinas de estudo para teres oportunidade para sair da rotina de vez em quando. Não deixes para amanhã aquele trabalho que é para entregar amanhã. Se tiveres oportunidade faz hoje. Não tentes adiar sempre tudo só porque não te apetece fazer. 

5. Um horário e uma agenda são os teus melhores amigos quando se trata de organização, planeamento e estudo. Aponta tudo o que tens para fazer e ocupa o tempo a fazer coisas úteis. Se só tens uma hora para estudar, larga o telemóvel e estuda mesmo. Se tens meia hora para ir passear, vai. Tenta fazer coisas que gostas para além da escola. Vais sentir-te realizado quando estas a fazer alguma coisa que consideras útil!  

6. É tudo uma questão de prioridades. Este deve ser um dos meus lemas de vida. É tudo uma questão de prioridades. Basta definir aquilo que queres mesmo e concentrares-te nisso. Não arranjes desculpas se não tens vontade para o fazer. Tudo aquilo que queremos fazer é possível, e quem quer mesmo arranja tempo. 

7. Não deixes de ir ao café ou de estar com os teus amigos. Eles ajudam-te a mudar de ares e apanhar ar é sempre uma boa solução.  




sexta-feira, 22 de setembro de 2017

hello autumn

Eu sei amiguinhos, tenho andado tão longe do blog que nem há justificação possível.
Começa hoje o outono, sabiam? Está oficialmente aberta a época de mantas e chocolate quente. Das fotos bonitas no meio das folhas ou das canecas de café numa tarde fria. E eu esperei tanto tempo por este momento.

Não venho desabafar aqui tudo o que se anda a passar na minha vida, nem vou deprimir ninguém com a minha depressão pós-ferias. Venho apenas atualizar-vos.
Começou a universidade no dia a seguir a vir de férias, e eu nem tive tempo de parar para organizar a minha vida. Estes dias tem sido passados na universidade. Quando não estou em aulas, estou no café e quando não estou no café estou a assistir à praxe (e a morrer de saudades!)
Ainda não tive nem tempo nem vontade de voltar ao blog. O meu último post foi só porque são "os meus meninos" e eu tinha mesmo de partilhar a felicidade que sinto sempre que oiço aquela música.

Mas vá, já chega de coisas random. Venho dizer-vos que estou de volta, com posts bem mais interessantes que este e que não abandonei o blog. Eu sei que já não vos leio à séculos e que nem me dei ao trabalho de publicar os vossos comentários mas isso vai mudar, agora.

Espero que estejam bem, que o vosso regresso às aulas tenha sido incrível. Não se contentem com 10's mas não se esqueçam que existe toda uma vida para além disso e conseguem conciliar tudo! Basta quererem.



segunda-feira, 18 de setembro de 2017

Quero paz na vida, adeus e um beijo na testa.

Já ouviram a nova música dos ÁTOA?
Esta música é o resultado de uma nova fase deles, de um crescimento enquanto banda e a nível pessoal de cada um. E é este crescimento que todos nós conseguimos notar quando vemos como tudo começou.
Já Não é uma das novas músicas que eles vão lançar neste EP no dia 29 de Setembro - e eu tenho certeza que vou adorar todas.
Se ainda não a ouviram (como assim? ela dá em todo o lado!) façam-me o favor de ouvir aposto que vão adorar! E não se esqueçam que dia 6 e 7  de Outubro é para partir a casa toda! 

Podem comprar o bilhete aqui ou em qualquer concerto deles. 
Apoiem a música que se faz em Portugal. Vamos partir aquilo tudo! Conto convosco! 

segunda-feira, 11 de setembro de 2017

Esposende'17

Não acredito que já acabou, e não acredito que já estou com saudades e ainda só passaram algumas horas. Quando era pequenina no fim das férias escrevia uma composição sobre as minhas férias, os locais onde visitei e o que mais gostei. Por isso, cá está a minha, desta vez um bocadinho mais adulta e mais consciente. 

Não sei qual é a probabilidade de nove pessoas se darem tão bem há tanto tempo e desde tão novos, nove pessoas tão diferentes umas das outras e com personalidades tão distintas. Mas sei que connosco aconteceu isto. É tão bom sentir-me em casa sempre que estou convosco, independentemente de onde estamos. Seja em casa, no nosso café, na nossa casa ou em qualquer outro lugar do mundo.

Não ter de cumprir horários para dormir ou comer, não ter de ser tudo planeado ao pormenor, não existir regras a cumprir durante uma semana faz com que aproveitemos o tempo de uma maneira muito melhor. Acordar as três da tarde porque nos deitamos às nove da manhã. Não tomar o pequeno-almoço nem almoçar, mas ter tempo para fazer o jogo da aldeia velha. Passar uma noite a conversar e desta vez sobre coisas sérias
(“estamos a ficar mesmo adultos! Já nem merda fazemos”). 

Pela lenha, pela bicicleta, pelo papel higiénico e por todas as coisas que ainda vamos descobrir desta categoria, obrigada! Obrigada por serem tão palermas e, ao mesmo tempo tão incríveis. Acordar da maneira como acordei todos os dias, faz-me querer acordar assim para o resto da minha vida. Sair do quarto e poder ver-vos irritados por eu não vos deixar dormir mais é tão engraçado que eu não me importava de acordar todos os dias mais cedo só para poder-vos ver a reclamar. 

Zé, Vítor, Rita, Chana, Rafa, Peixoto, Gonçalo e Renato, sinto-me mesmo em casa quando estou convosco. E nunca senti saudades vossas como senti ontem, e como sei que vou sentir depois desta semana. Sois as pessoas mais chatas do mundo, que falam mais alto, que mais bebem e mais reclamam da comida. Sois as pessoas mais deep que conheço e sois sem dúvida, as melhores pessoas que tenho na vida. Fico tão feliz por podermos crescer juntos e por sabermos ultrapassar as nossas (grandes) diferenças. 
Espero que daqui a dez anos estejamos lá todos, outra vez, mesmo que as pessoas tenham duplicado e que seja churrasco todos os dias. O importante é que ao fim de todos tomarem banho possamos beber juntos, e ser aquilo que sempre somos juntos - o grupo.


sexta-feira, 1 de setembro de 2017

Agosto'17

O mês de Agosto não foi o meu mês de certeza absoluta. No entanto, Agosto ficou marcado pela ida ao Algarve, à Luz ver um jogo do (meu) Benfica e por algumas noites de verão fantásticas. 

Foi o mês em que consegui tomar café com pessoas que adoro e que consegui matar saudades daqueles que (infelizmente) não vejo todos os dias. 

Para ser sincera só desejava que este mês chegasse ao fim, e finalmente chegou. Espero que o tenham aproveitado da melhor maneira. Venha daí Setembro! 


Fica aqui um pequeno resumo da minha semana de férias em Armação de Pera!