segunda-feira, 31 de dezembro de 2018

1+3 | Palavra-chave: Confia

2018 começou de uma maneira muito positiva, mas não se manteve assim o resto do ano. Aos poucos, foi-me tirando as forças, e deixando-me cansada. É assim que estou agora: cansada.
Todos os anos dizemos o mesmo "podia ter sido melhor", e todos os anos acontecem coisas boas e menos boas. É normal, e ainda bem que assim é!

Em 2018, consegui manter um trabalho durante o ano inteiro e conciliar com as aulas e o estágio. Consegui aprender a organizar o meu tempo de forma rentável e a gerir todas as tarefas que tinha de fazer, cumprindo sempre os prazos. É normal não ter tempo para dormir o tempo que desejo, e às vezes, deixamos de ter tempo para a nossa família porque julgamos que temos coisas mais importantes para fazer. Também em 2018 consegui ver as minhas bandas preferidas ao vivo, e ficar radiante em cada concerto!

2018 trouxe-me momentos muito felizes como passear por várias cidades, ver o mar, fazer praia, respirar outros ares, praxar, namorar, estar com as minhas pessoas, assistir a imensos concertos...! Mas nem tudo foi feliz.

Senti muitas vezes que só queria desaparecer. Senti, pela primeira vez, que queria desistir do curso. Senti que não tinha capacidade para aguentar tudo, para continuar a estudar e a entregar trabalhos a horas. Pensei, muitas vezes, que estava no caminho errado e que não era nada disto que eu queria para mim. Se agora penso que estou no caminho certo? Não sei, mas acredito que a vida sabe o que faz. E é esta a justificação para a minha escolha da palavra-chave deste ano. Sou muito crente. E confio com todas as minhas forças. Confio e acredito, plenamente, que a vida sabe o que faz. Sabe quem traz e quem leva da nossa vida. Sabe que batalhas é que põe no nosso caminho e sabe bem a força que cada um de nós tem. Eu gosto de acreditar que lá em cima, alguém cuida e ilumina os dias mais cinzentos.
Por tudo isto, confiar foi a palavra escolhida para este ano. Confiar que amanhã o dia será melhor, confiar num futuro melhor e mais feliz. Confiar nas pessoas que tenho ao meu lado. Confiar nas minhas capacidades e na minha vontade de querer sempre fazer melhor.
Espero que 2019 seja um ano de conquistas, de vitórias, de viagens, de aprendizagens e especialmente de alegrias!
[Texto inserido no desafio 1+3]

domingo, 30 de dezembro de 2018

2018 | 12 factos aleatórios


  1. Fui ao Carnaval de Loulé. Não costumo festejar o Carnaval de uma maneira muito intensa. Este ano, como passei no Algarve, o Carnaval teve um sabor diferente.
  2. A Carolina Deslandes lançou um CD incrível intitulado de Casa. Acompanho a Carolina há muito tempo e este álbum é dos meus favoritos de sempre.
  3. Comecei a ver (imensas) séries. Não sou uma pessoa de séries, e este ano desafiei-me a ver algumas séries e fiquei prendida ao ecrã.
  4. O Benfica não foi pentacampeão, infelizmente. Todos nós, benfiquistas, sonhamos que podia ter sido este ano!
  5. Pintei o cabelo de rosa, e adorei! Foi no dia antes do festival e eu gostei imenso do resultado final, apesar de não se notar muito, deu um toque especial.
  6. Comi muitas vezes fora de casa. Eu adoro comer fora de casa, seja almoço, jantar, lanches, tudo! E este ano gastei imenso dinheiro em comida.
  7. O Liaça saiu dos ÁTOA. Foi o inicio da destruição de um sonho. Não imagino os ÁTOA sem o Rodrigo Liaça, mas compreendo que foi o melhor para ele.
  8. A Cristina Ferreira saiu da TVI. Esta noticia deu muito que falar e ainda agora, muita gente não percebe como é que ela decide sair da Tvi. É tão bom mudar, e a vida está sempre em mudança. Só temos de aceitar isso.
  9. Fui convidada para ser dama de honor para uma das melhores pessoas que a Primark me deu e foi uma honra! Fiquei mesmo feliz com o convite.
  10. Fiz um ano neste emprego. Esta loja dá-me muitas dores de cabeça mas eu gosto de lá estar e das pessoas com quem partilho os meus dias.
  11. Recebi a agenda do Mercado dos Afetos e fiquei radiante! Adoro agendas e esta é tão bem pensada e feita com tanto carinho.
  12. Andei numa roda gigante sentada numa bicicleta. Foi num dos stands que o Santander Totta montou na avenida na altura da Volta a Portugal. Foi uma experiência gira.




2018 | a retrospectiva

Este ano decidi não fazer uma retrospectiva todos os meses. E por isso, hoje trago-vos a minha retrospectiva do ano detalhada por mês.

Em Janeiro fui a Viana com duas das melhores pessoas que a universidade me trouxe e foi um dia que eu recordo com muito carinho. Janeiro é também mês de exames e muito estudo! Por isso grande parte do meu mês foi, infelizmente, a estudar.
Em Fevereiro tive a oportunidade de ir passar uns dias ao Algarve e de desligar-me um bocadinho de Braga e da universidade. O Algarve no inverno é tão diferente do que é no Verão! Mesmo assim, soube-me muito bem passar aqueles dias fora. Foi um Carnaval muito diferente do que é normal na minha vida. 
Em Março celebrei o meu aniversário durante quatro dias e senti-me acarinhada em cada um deles. 
Em Abril fui aos melhores do ano da rádio Nova Era e assisti a imensos concertos (obrigada amigas pela prenda!)
Em Maio celebrei mais um mês dos universitários, fui à minha semana académica e às serenatas. Celebrei 5 anos de namoro e aproveitei esses dias para aproveitar e namorar um bocadinho mais. 
Em Junho fiz imensos trabalhos e terminei o meu segundo ano da licenciatura feliz (e exausta)!  Também em Junho, levei os meus miúdos à primeira comunhão e senti que o meu dever estava (bem) cumprido! 
Em Julho fui ao Marés Vivas e, como já partilhei convosco, adorei! Nunca tinha ido a um festival de Verão e adorei a experiência.  Julho foi sem dúvida um mês de concertos. Vi DAMA, ÁTOA, Diogo Piçarra, Kodaline e Carolina Deslandes! Escuso de dizer que fiquei radiante em cada um desses concertos, certo? 
Em Agosto trabalhei (quase sempre) a tempo inteiro e não dormi. Optei por abdicar das minhas horas de sono e passar esse tempo com as pessoas que gosto. Foi um mês muito desgastante, e percebi que me custa imenso trabalhar 8h, principalmente quando todas as pessoas estão de férias. 
Em Setembro tive finalmente as minhas merecidas férias com os meus amigos. Fui ao Porto com uma das minhas amigas mais antigas e foi tão bom! Fui pela primeira vez a um parque aquático e adorei a experiência. Em Setembro comecei a praxar e iniciei aquele que será o meu ano como finalista da Licenciatura. Foi tudo novo, e custou-me muito habituar ao novo ritmo, às novas rotinas e às novas pessoas. 
Outubro foi o mês da receção ao caloiro, da latada como doutora e de sentir a responsabilidade (e o orgulho) naqueles miúdos. Fiz o meu terceiro furo com as minhas melhores amigas, e acho que é um pormenor mesmo giro
Em Novembro foi o mês dos aniversários, dos jantares fora de casa. Foi o mês em que mais me apeteceu ficar em casa. Felizmente, fui invadida pelo espírito natalício em Novembro e isso tornou o meu mês um bocadinho mais suportável. 
Em Dezembro tive a minha praxe preferida. Também em Dezembro andei muitas vezes pelas ruas da minha cidade só a ver as pessoas a passearem e a ouvir música de Natal. Fui a muitas cidades ver as luzinhas de Natal, recebi e ofereci muitas prendas. Cumpri tradições de Natal, juntando os meus amigos para almoços e lanches de Natal. Porém, neste mês chorei muito. O ano não acabou da maneira que imaginei que ia acabar. Os meus horários ficaram todos trocados, tive muito tempo a trabalhar. Desisti de muita gente que queria manter na minha vida. Dezembro trouxe-me tardes em que desejei não sair da cama, e, (in)felizmente saí. 

sábado, 29 de dezembro de 2018

2018 | 8 publicações

Eu sei que os favoritos e a retrospectiva do ano vem um bocado tarde, mas a minha vida não está a dar para mais. Hoje trago-vos as 8 publicações que mais gostei de escrever este ano! Alguma delas é a vossa preferida? 


Desconectar para reconectar: Um fim de semana sem telemóvel é possível? "Aproveita o momento. Tens o fim-de-semana de folga? Óptimo! Vai passear, vai estar um lindo dia. Talvez encontres pessoas que já não vês há séculos, e talvez repares que a tua cidade está diferente desde a última vez que reparaste nela. Usa apenas o telemóvel para os casos extremos"

15 coisas que aprendi com 20 anos: esta é a reflexão que mais gosto de fazer durante o ano. "Andamos sempre tão atarefados com tudo que nos esquecemos que temos de cuidar de nós. Andamos de um lado para o outro e comemos o que calha. Se nos dá uma dor tomamos um comprimido e passa "porque não temos tempo para mais" - dissemos nós. muitas vezes temos de apanhar um daqueles sustos para perceber que o nosso corpo é importante e que tomar conta dele também. Aprendi a perceber que eu também conto na minha vida. "

Vamos falar de amor?  algumas coisas que aprendi sobre o amor. "Não vale a pena estares sempre a reclamar de tudo, a dizer que nada está bem feito. Escolhe aquilo que vale mesmo a pena, e que achas que foi mau. Não estejas sempre a contrariar só porque te chateou num momento em que estavas mais sensível."

21!: "Estou de coração cheio por este(s) dia(s). Obrigada a todas as pessoas que estiveram presentes e que melhoraram o meu dia de certa forma.
Eu não sei o que é que os 21 me reservam mas espero que seja um ano incrível. Aprendi muita coisa com 20 anos e estou ansiosa por saber o que este ano me espera. "

Verão'18: quando somos adultos as coisas mudam um bocadinho. "decidimos aproveitar o pouco tempo que íamos conseguir estar juntos para passear, para vive-lo em família e não com outras coisas que não são assim tão importantes."

O grupo| Esposende'18: "Nunca vou saber escrever sobre as minhas pessoas. Nunca vou conseguir contar tudo o que é estar com elas. Ir de férias com eles já é tradição. assim como todos os sábados ir ao café e estar com eles mesmo sem motivo aparente. Estamos presentes uns na vida dos outros só porque precisamos disso."

1+3| Em casa: "Cada vez mais, sinto-me em casa mesmo não estando dentro de minha casa - e isso é tão bom! Cada vez mais, sinto-me em casa com aqueles abraços reconfortantes, com as minhas pessoas e com os sítios bonitos que me fazem tão bem. Se passamos tanto tempo da nossa vida fora de casa, é bom conseguirmos sentir o conforto de casa fora dela."

As voltas da vida: "fechar os olhos e acreditar com muita força "a vida sabe o que faz" - espero mesmo que saiba. "





segunda-feira, 24 de dezembro de 2018

Natal| "O melhor da festa é esperar por ela.”

Chegou o dia mais esperado e mais bonito do ano. 

Penso que já deu para perceber o quanto adoro o natal e o quanto admiro o espírito que se vive nesta época.
A melhor parte deste dia é mesmo esperar por ele - pensar nos presentes, fazer os jantares de natal, os cafés, os pequenos momentos para estarmos juntos. É uma época em que as pessoas conseguem gerir melhor o seu tempo para conseguir ir tomar o pequeno-almoço com aquela amiga que já não estão há tanto tempo! É o tempo em que as famílias conseguem conciliar os seus horários para passarem bons momentos juntos.
Tenho dito várias vezes no meu instagram que tudo fica mais bonito no Natal, e fica mesmo! As ruas todas iluminadas, as músicas de fundo, as pessoas a passearem de um lado para o outro cheias de presentes. 

Continuo a pedir-te tempo, Pai Natal. Tempo para conseguir estar com aqueles que ainda não estive, tempo para dar aquele abraço tão desejado e tão necessário. Preciso de tempo para me sentar num banco de rua e observar como as pessoas são felizes nesta altura do ano. Acredito, genuinamente, que existe algo no ar que faz com que as pessoas fiquem felizes, uma tal chamada magia do natal. 
Gosto de ficar a olhar para a árvore de natal e a pensar como é que apenas umas luzinhas são capazes de trazer tanta força e tão boa disposição a uma pessoa. 
Tenho pena que seja apenas uma vez por ano, que só por uma vez é que as pessoas deem valor aos outros, que valorizem quem está ao seu lado. 
Não se esqueçam que no Natal, os presentes são apenas uma parte da sua essência. Estar presente é o que realmente importa e é o mais importante! Que nunca vos falte alguém com quem partilhar a consoada neste dia, e que possam ser realmente felizes nesta noite.


Feliz Natal! 

sexta-feira, 21 de dezembro de 2018

Natal | árvores de natal

Este ano consegui ir visitar iluminações de Natal em vários sítios diferentes! Hoje trago-vos algumas árvores de natal lindas!

Braga - é a mais gira que já vi na minha cidade! E de dia ainda fica mais bonita. Todos os dias às horas certas, há um pequeno espectáculo de luzes! Visitem 

Porto
As iluminações do ano passado surpreenderam toda a gente, e este ano eles quiseram repetir a iluminação. Continua linda a cidade!

Aveiro
Para mim, Aveiro tem um brilho especial no Natal! E eu adoro ver toda a cidade iluminada! Há várias árvores de natal espalhadas pela cidade e é um óptimo sitio para irem visitar nesta época. 

Guimarães
Eu sou suspeita, porque gosto de todas, mas eu adorei a decoração de natal que há pela cidade de Guimarães! Fico rendida a iluminações! 

quinta-feira, 20 de dezembro de 2018

Natal | O melhor presente

Hoje a RFM teve a excelente ideia de fazer um vídeo incrível que eu fiquei mesmo feliz por, finalmente ,alguém ter verbalizado aquilo que eu sinto! Vejam por favor:


Vais continuar a gastar o teu tempo à procura de presentes ou vais optar por estar presente?

sexta-feira, 14 de dezembro de 2018

Ensino Superior | Praxe Natal

Felizmente, a praxe nunca vai ser só encher. 
Felizmente, a praxe (quando é bem feita) pretende transmitir e incutir uma quantidade de valores! Nunca serve para humilhar alguém.
A praxe de natal é, sem dúvida, uma das minhas praxes preferidas - tanto como caloira, como doutora. 
Este ano a praxe de Educação decidiu tornar este dia especial. Os caloiros estiveram a vender rifas ajudar a Instituição “Pais em Rede”.
É muito bom saber que podemos ajudar alguém com pequenos gestos. 
A praxe é muito mais do que aquilo que a comunicação social transmite. 

terça-feira, 11 de dezembro de 2018

Música | Inspiração da semana

A Rádio Comercial não desilude! Todos os anos lançam músicas que ficam na memória. Já ouviram a música de Natal que lançaram? 

Desse lado preferem a música de Natal da Comercial ou da RFM?

domingo, 9 de dezembro de 2018

Natal | Trabalho

É muito chato trabalhar no shopping nesta altura do ano, mas torna-se incrivelmente agradável quando trabalhas e tens uma playlist de Natal a tocar durante 8 horas! 
Como não ficar feliz? 

sábado, 8 de dezembro de 2018

Natal | Braga é Natal

Este ano a minha cidade está realmente bonita! A árvore está enorme, a música de fundo dá um ambiente tão acolhedor à cidade! É mesmo bom poder andar a passear pela cidade com este ambiente. 
Não podemos esquecer do conjunto de atividades que a cidade preparou para esta altura do ano. Há vários espectáculos e eventos: imensos concertos, os mercados de natal, a parada de natal, o bolo rei gigante, entre outras coisas.  
A Parada de Natal é já amanhã dia 9 e eu tenho a certeza que vai ser um momento mágico na cidade para as crianças. 
Deixo-vos aqui o programa completo para escolherem o dia em que vão visitar a cidade. 

nota importante: se forem a horas certas ver a árvore de natal vão poder ver uma árvore ainda mais especial! 

quinta-feira, 6 de dezembro de 2018

Natal | Calendário do advento


A mr wonderful está a fazer um calendário do advento online em que todos nós podemos participar! Para isso basta ir ao site e todos os dias eles têm um presente para nós! Só têm de colocar o vosso nome e email e irão receber vários descontos para gastar na loja! Aproveitem para comprar a agenda que tanto querem com desconto! 

quarta-feira, 5 de dezembro de 2018

Ensino Superior | Praxe


Praxe noturna no inverno é sempre mais doloroso para os doutores do que para os caloiros! 

segunda-feira, 3 de dezembro de 2018

Música | Inspiração da semana


A música de Natal da RFM já saiu! 
Quem já ouviu? Eu fiquei surpreendida!

Queres receber um postal de Natal? Inscreve-te aqui

sábado, 1 de dezembro de 2018

Tenho a primeira viagem de 2019 marcada!