segunda-feira, 18 de novembro de 2019

Para os dias mais cinzentos




O importante é saber sempre para onde voltar. É ter as nossas pessoas bem perto para que nos relembrem de onde viemos e onde já chegamos. O importante é conseguir arranjar forças nas nossas pessoas para enfrentar aquilo que ainda está para vir. É ter o nosso porto-seguro, o nosso abraço-casa bem perto para nunca nos esquecermos que não estamos sozinhos. Venha o que vier.

Uma mesa cheia de amigos é o melhor que podes pedir para o final dos teus dias.



sexta-feira, 15 de novembro de 2019

Música | Anjos

Quem é anjo da vossa vida? 

Juntar duas vozes incríveis só podia dar coisa (muito) boa.  
 Já ouviram a nova música do Diogo e da Carolina? 

terça-feira, 5 de novembro de 2019

Porto| House Of Pandora

Como sabem visitei o hotel House of Pandora no verão e fiquei encantada com a simpatia e dedicação das donas do hotel. Depois de partilhar convosco a minha opinião sincera sobre o sitio consegui uma promoção incrível para vocês!
Com o código de desconto HOP2019 conseguem uma noite no hotel com pequeno-almoço e spa incluído para duas pessoas por apenas 65€. 
Se estás mesmo a precisar de um tempo para ti ou se não sabes como vais aproveitar os feriados que se aproximam esta é uma boa sugestão. Faz uma visita à linda cidade do Porto e desfruta de um espaço sossegado e acolhedor como é o House of Pandora

Esta oportunidade só está disponível até ao fim do ano (e não inclui o dia 24,25 e 31 de dezembro) por isso é melhor apressares-te e reservares a tua noite. Para isso só tens de enviar um email para o geral@houseofpandora.pt  e escolheres a data da tua reserva. 





De que estás à espera? 




sexta-feira, 1 de novembro de 2019

10 de 12 | Outubro

O meu mês de Outubro foi enorme! Comecei com as serenatas, a receção ao caloiro e por isso com noites incríveis e aleatórias.

Outubro trouxe-me também uma viagem a Barcelona que foi um misto de emoções: é sempre bom viajar mas não é bom viajar quando vamos para um sítio pior do que o que estamos. Barcelona não me surpreendeu pela positiva mas tenho a certeza que tenho que lhe dar uma 2ª oportunidade quando tudo por lá estiver mais calmo! A companhia valeu por tudo. É sempre bom passar tempo com as nossas pessoas.
Outubro trouxe-me confusões interiores, dúvidas sobre o mestrado e sobre aquilo que é ou não o mais acertado para a vida. Depois percebi que há sempre uma resposta ao virar da rua e há sempre alguém que te ajuda (e te dá na cabeça). O importante é manter a cabeça fria e ver os dois lados da moeda.

Em Outubro vi Joker e fiquei apaixonada! Foi sem dúvida dos melhores filmes que vi nestes últimos tempos.
Com Outubro veio o frio, a chuva, a lareira acesa, as mantas e as tardes a ver filmes.
Neste mês tive força a dobrar pelas minhas pessoas, e apoiei-as mesmo não sabendo onde fui buscar a força, a boa disposição e a paciência. Aprendi que há sempre um bocadinho mais de força interior do que aquela que julgamos ter.

Como foi o vosso mês?
Que Novembro seja ainda melhor! 

domingo, 27 de outubro de 2019

Fico feliz quando a hora muda porque significa que o inverno está a chegar (e o natal também!).

quarta-feira, 23 de outubro de 2019

Barcelona | Locais e dicas

Após o meu desabafo sobre aquilo que correu menos bem na minha viagem, hoje trago-vos algumas dicas e sítios obrigatórios para visitar em Barcelona.

Parque Olímpico - Em nenhum dos sítios que pesquisei sobre Barcelona apareceu esta sugestão. Na verdade, nós chegamos lá depois de irmos ao museu nacional de Arte. O parque Olímpico é um dos sítios mais bonitos que eu visitei.

Mercado de la Boqueria - Na segunda tentativa de irmos ao mercado conseguimos, mas estava completamente cheio. Eu não sei se aquilo costuma ser sempre assim mas, sei que no dia em que eu fui visitar era muito difícil de alguém se mexer lá dentro. O mercado é constituído por tudo aquilo que os mercados normais têm, mas para além disso, tem imensos sumos naturais de fruta, gomas e chocolates, que é sem dúvida a imagem de marca deles.

Zona universitária - Esta era a zona da cidade mais próxima da nossa casa que tinha mais movimento. A zona universitária como o nome diz, é onde se encontram todos os pólos/escolas da universidade de Barcelona. Nesta zona existe também um jardim enorme (e lindo) que foi o primeiro sítio que nós visitamos e que sentimos que aquilo é mesmo diferente da nossa realidade. Este jardim - Palau Reial de Pedralbes - não aparece em nenhum sitio como sugestão de visita numa ida a Barcelona e para mim, é um local obrigatório a toda a gente. Por não ser no centro as pessoas perdem um bocado o interesse em visitar.

Praia de la Barceloneta - Esta é a praia mais conhecida de Barcelona e é também um local de muita atracão turística.

Claro que acrescento à lista a Sagrada Família, o parque de la Ciutadella (não visitei porque esteve sempre fechado), o Arco do Triunfo, o parque Guell (que também não visitei) e há mais mil lugares que valem a pena ser visitados. 

Museu Nacional de Arte

Jardim Olímpico 

mercado de la boqueria 

praia de la barceloneta

Como te podes deslocar: O T-10 foi o tipo de pass que nós escolhemos. Basicamente tem 10 viagens e pode ser utilizado por mais do que uma pessoa. Estas viagens dão para metro, comboio e autocarro e podem ser reutilizadas num prazo de 75 min. Ou seja, nós usamos um pass as três (eu e as minhas irmãs), cada uma usava uma viagem e podíamos mudar de transporte sem ter de gastar mais do que uma viagem pro pessoa. Este foi o que fez mais sentido para nós, porém convém calcularem o número de viagens que tencionam fazer porque existem inúmeras opções

Onde ficar: Alugamos uma casa no airbnb porque assim poupamos dinheiro em refeições. Também fez mais sentido para nós não alugar no centro da cidade (que ideia iluminada!) porque assim tornou-se mais barata e deu para conhecermos algumas zonas fora do centro. Tornou-se uma mais-valia devido a tudo o que estava a acontecer no centro, e ficamos um bocado mais descansadas por estarmos mais afastadas da confusão. Mais uma vez, para fazerem a escolha, convém pensarem se faz mais sentido ficar num hotel e comer fora ou alugar uma casa para poderem fazer as vossas refeições - tudo depende dos dias, do que vão visitar e do tempo que querem passar em casa/hotel. 

A maior dica que vos dou é estarem abertos a descobrir novos sítios. Nem tudo está programado, descubram sítios novos, visitem locais diferentes do que toda a gente sugere. Nem tudo o que é interessante e bonito está no centro da cidade. Eu descobri o estádio do Barcelona porque decidi descer a rua e, por acaso, estava na rua do estádio. Não programem tudo ao pormenor, deixem tempo para descobrir outros sítios.

domingo, 20 de outubro de 2019

Viajar | Barcelona

Visitei Barcelona na pior altura que podia ter visitado. Mesmo assim, consegui o melhor do pior cenário de sempre. Cheguei a casa viva, sem ter sido assaltada ou algo do género e com boas memórias para recordar desta cidade. Como puderam acompanhar pelas noticias estes últimos dias, Barcelona está um caos. As manifestações diárias estão espalhadas por toda a parte. Antes de apanhar o avião eu só pensava "onde é que eu me vou meter?". 

As piores coisas de Barcelona:

Com a greve e as manifestações ficamos sem transportes públicos porque as ruas estavam todas fechadas. O único transporte que existia era o metro, por isso conseguem imaginar o caos que estava e a quantidade de pessoas que andavam de metro.

Com a greve e as manifestações metade dos sítios estiveram fechados na sexta-feira, incluído o mercado de la boqueria e o parque de la Ciutadella. Ou seja, muito do que tínhamos planeado fazer no dia de visitar o centro da cidade era impossível fazer. Perdemos imenso tempo a ir aos sítios (a pé) para chegar lá e estarem fechados.  

Em todas as ruas existiam bicicletas para as pessoas se puderem deslocar pela cidade. Porém, as bicicletas só estão disponíveis para as pessoas que vivem em Barcelona. Para podermos alugar uma bicicleta não podemos pegar numa que esteja no meio da rua mas sim, temos de ir a uma loja própria.

Barcelona tem a fama que é uma cidade muito perigosa a nível de assaltos. Felizmente não nos aconteceu mas percebemos que o ambiente nas ruas fica muito mais perigoso e pesado com o anoitecer. Quando nos afastamos do centro da cidade há muitas ruas "perigosas".

Por fim, a pior coisa que retirei desta viagem e a que mais me desiludiu foi o facto dos espanhóis não perceberem nada do que nós dizemos. Todos os dias, no meu trabalho, atendo pessoas a falar espanhol e consigo perceber tudo o que eles dizem. Aconteceu o contrário quando fui para o país deles. Bastava eu dizer uma palavra em português para eles começarem a falar inglês. Como é que eu entendo tudo o que eles me dizem e eles não percebem nada?  Não se esforçavam minimamente para entender e diziam logo "no entiendo!". Fiquei com uma péssima imagem da simpatia destas pessoas.


Já alguma vez foram a Barcelona? O que foi o pior desta cidade? 
Conto-vos o melhor de Barcelona no próximo post.

segunda-feira, 7 de outubro de 2019

Há momentos na vida que tens de parar e (re)pensar. Há momentos em que não vais saber para onde vais, só vais. Há momentos em que tens de encher o peito de ar, respirar bem fundo e acreditar com todas as forças: a vida sabe o que faz. 

quarta-feira, 2 de outubro de 2019

9 de 12 | Setembro

Setembro foi um mês bom como é habitualmente porque começa com as melhores pessoas que eu posso ter por perto. A semana no Geres com os meus amigos é o recarregar perfeito de energia e de vontade de recomeçar. É nessa semana que eu me sinto verdadeiramente de férias. 
A semana seguinte foi incrivelmente boa pelo facto de ter tido a oportunidade de ir à Madeira visitar uma das melhores pessoas que o trabalho me trouxe. Aproveitei tudo o que a ilha tinha de melhor para me dar, conversei muito e conheci ainda mais. Foi uma experiência inesquecível por me ter feito sair da minha zona de conforto e entrar num aeroporto sozinha e viajar sozinha. 
A segunda parte do mês já é a parte mais chata, a que menos gosto e a que demora mais tempo a passar - a do regresso à rotina. 
Começou o mestrado, a nova rotina que implica sair das aulas todos os dias à noite e conciliar com isso o trabalho. Com o inicio do mestrado começou todo o processo de adaptação aos novos horários e conseguir conciliar isso com as pessoas que me rodeiam. 

Setembro foi muito bom porque eu consegui ter tempo para mim, para descansar, para viajar e para fazer todas as outras coisas que geralmente não conseguimos fazer se não estivermos de férias. Consegui priorizar algumas coisas e algumas pessoas e sinto-me muito bem por ter conseguido ultrapassar o facto de nem toda a gente estar lá quando eu gostava que estivesse. 

Outubro é um dos meus meses predilectos, é o mês do outono, dos dias mais frios e das tardes no sofá com mantas. Que Outubro traga tudo aquilo que Setembro não trouxe e que se não conseguir ser melhor que seja igual! 


segunda-feira, 30 de setembro de 2019

Globos de Ouro | Os vestidos

Não sou muito destas coisas, partilhar a minha opinião sobre a roupa que as pessoas usam. No entanto, os globos de ouro são o momento ideal para apreciar os vestidos que as figuras públicas usam. Na minha opinião há vestidos que não deviam ter saído de casa mas também há outros que são incríveis! Para mim a Diana Chaves arrasou! Foi a mais bonita na passadeira vermelha. 






Quais foram os vossos preferidos? E aqueles que não deviam ter saído de casa?

quinta-feira, 26 de setembro de 2019

Barcelona

Sítios obrigatórios para visitar em Barcelona? Deixem as vossas sugestões!

sexta-feira, 20 de setembro de 2019

Ensino superior | o pós licenciatura

não estou preparada. sinto-me preparada para a rotina novamente, mas não me sinto preparada para fazer tudo de novo. fiz o luto todo que precisei de fazer e decidi guardar as recordações boas que ganhei durante este período da minha vida. trouxe-me comigo as pessoas bonitas que se cruzaram no meu caminho, e trouxe também as recordações e aprendizagens que consegui com as pessoas que já não podem estar comigo - mas que estiveram um dia.

às vezes precisamos de fechar ciclos da nossa vida para que outros se possam abrir. parece muito estranho estar a dizer isto desta maneira sobre algo que acontece naturalmente mas eu precisei de muito tempo para perceber que o mundo não acaba quando a faculdade acaba. eu não deixei de saber fazer amigos só porque já não estou na faculdade. posso sentir que as quartas académicas não têm o mesmo sabor? posso. posso olhar para os meus caloiros e sentir que o meu dever foi cumprido e que a praxe já passou? posso. vivi tudo tão intensamente que agora sinto que estar a forçar as coisas só vai estragar as memórias que eu tenho.

durante uma conversa profunda (com pessoas que já só conseguiam ser sinceras) percebi que não sou apenas eu nesta situação. que a faculdade não resume a nossa vida. que os amigos que eu fiz lá não vão desaparecer só por eu estar em mestrado. que o mestrado é uma pré despedida da nossa vida universitária. percebi que não era a única que sente que o timing da faculdade está a acabar.

entrei no mestrado e vou frequentar o mestrado mas acho que não preciso de me sentir obrigada a sentir o mesmo espírito académico que senti no meu 1º ou no meu 2º ano. não quer dizer que não tenha vontade de sair, de me divertir ou de dançar até ser de manhã. quer dizer que não tenho vontade todas as semanas e isso não é mau. chama-se crescer.

quinta-feira, 19 de setembro de 2019


Para onde vais quando não sabes onde queres ir?

segunda-feira, 9 de setembro de 2019

O grupo '19

Ainda com as emoções à flor da pele e já cheia de saudades daquilo que foi a minha última semana, trago-vos mais um agradecimento por tudo o que aconteceu. 
Ir de férias com as pessoas que estão comigo durante todo o ano é das coisas mais importantes que faço no verão. Mesmo que seja cada vez mais difícil conciliar horários, férias do trabalho e compromissos da nossa vida pessoal, o esforço recompensa sempre.

Ainda que haja discussões todos os dias sobre quem vai cozinhar, sobre quem vai levar a loiça ou sobre as horas que vamos para o rio, são discussões familiares - que todas as famílias têm. Sim, aquelas oito criaturas são a minha segunda família. Estão comigo há tanto tempo que se não for para sempre não sei quem vai ser. 

Viver com eles durante uma semana é reforçar todas as minhas energias para os dias maus que possam existir. É saber que não estamos sozinhos mesmo que não seja dito. É estarmos lá uns para os outros, é desabafar sobre os assuntos mais importantes mas javardar com os assuntos mais aleatórios.
Que Setembro comece sempre convosco e com as discussões mais improváveis do mundo. Que me sinta em casa sempre que estou convosco e que continuemos a inventar as regras mais estúpidas para os jogos. 
Gosto muito de cada um de vocês. 

segunda-feira, 2 de setembro de 2019

Música | Melodia Da Saudade

Esta música merece ser partilhada, ouvida e sentida. Tenho a certeza que se vão lembrar de alguém assim que a começarem a ouvir.
Em quem pensam quando ouvem esta música?
 Já conheciam?

domingo, 1 de setembro de 2019

8 de 12 | Meu querido mês de Agosto

Agosto é sempre um mês recheado de emoções - um misto de sentimentos.
Agosto trouxe-me alguns momentos em família porém não tantos como o que eu desejava com aquela família que só vemos nesta época do ano - é uma das consequências dos horários rotativos e dos trabalhos de shopping.
Comecei o mês no sitio onde é para mim,  o melhor sítio do mundo, com uma das melhores pessoas  que tenho neste momento na minha vida.
Trouxe-me dias de praia, banhos de sol e alguns pores-do-sol bonitos em Torres Vedras. Tive a oportunidade de conhecer Torres, de passear pela praia de Santa Cruz e de aproveitar o que esta terra tinha de melhor para nos dar.
Foi um mês de dois concertos incríveis - Dama e David Carreira -  e de ficar cada vez mais apaixonada pela música portuguesa.
Agosto foi um mês de começar a pensar no futuro, de sonhar com novas coisas e de começar a lutar por coisas que queremos, mesmo que seja em passos de tartaruga.
Agosto trouxe-me visitas boas ao trabalho durante horas só para me fazer companhia, trouxe-me um convite bonito e um pedido para ser dama de honor ainda mais especial. Aprendi que não precisamos de nos ver todos os dias para o sentimento estar lá, uns dias mais do que outros mas está lá.

Agosto fez-me querer sair daqui muitas vezes, e apesar de todas as coisas boas que agosto me trouxe, a falta de vontade teve presente grande parte do meu tempo. O acordar sem vontade para ir trabalhar ou fazer outra coisa qualquer é uma constante nos meus dias, por ficava o dia todo de pijama a fazer vários nadas. O blog esteve todo o mês parado por falta de motivação e sinto que vai continuar assim até ter realmente vontade de escrever.

Que Setembro seja um (bom) recomeço.

quinta-feira, 22 de agosto de 2019


Tenho saudades da blogosfera de 2015!

sábado, 17 de agosto de 2019

Taizé

Dizem que só sentimos saudades quando perdemos. Hoje deu-me umas saudades enormes de uma das melhores semanas que já vivi - Taizé.

Nunca consegui explicar por palavras aquilo que lá se vive, o que se sente quando se está lá e as ligações que se criam. Ligações essas que não são diárias mas que serão sempre especiais por simplesmente terem existido numa determinada altura da tua vida. Voltar à vida real depois de uma semana em Taizé é doloroso mas depois conseguimos voltar lá, mesmo que seja por breves minutos e relembrar tudo aquilo que vivemos.

Taizé é um fenómeno que nunca ninguém vai conseguir compreender enquanto não experimentar. Ainda oiço a playlist de Taizé vezes sem conta, ainda vejo as minhas fotos, ainda penso em tudo aquilo que Taizé trouxe para  a minha vida. Não consigo encontrar uma explicação para o fenómeno que se vive lá. Há algo que acontece lá que não acontece no nosso mundo "real". Tudo é mais fácil lá, todos nos conseguimos perceber sem que seja necessário falarmos a mesma língua.

Aprendi ao longo da minha vida que de cada experiência que temos trazemos aprendizagens e Taizé trouxe-me tantas. Serei eternamente grata por poder experimentar este pedacinho de paraíso que existe na terra, e gostava que todos tivessem a mesma oportunidade que eu.
Se me perguntassem neste momento onde eu gostava de estar, eu sabia exatamente qual seria a minha resposta.


sábado, 10 de agosto de 2019

House of Pandora | Porto

Na última ida ao porto o hotel escolhido para passar lá a noite foi o House of Pandora. Encontramos o hotel por acaso no site Hoteis enquanto procurávamos alojamento e devido ao preço que este hotel se encontrava fizemos a reserva. 

Chegamos ao hotel antes da hora combinada mas mesmo assim pudemos fazer o check-in. Fomos muito bem recebidas pela Patrícia, uma das sócias do hotel, que nos mostrou todos os espaços do hotel e nos contou a história do hotel. Foi a partir daqui que eu fiquei encantada com o espaço. Podia ser mais um hotel bonito, onde nos davam a chave do quarto e não queriam saber mais de nós enquanto hospedes, no entanto, a Patrícia fez questão de nos levar ao quarto, de nos apresentar a piscina, o spa, a sala de convívio, e todos os outros locais. 

Para além de nos fazer a visita guiada pela casa, ou hotel - como queiram chamar - contou-nos que aquilo era um projeto de duas amigas que se cansaram da sua vida atarefada e decidiram dedicar-se a algo que realmente gostavam - viajar e estar com as pessoas.

Ficamos alojadas numa suite familiar, com dois quartos de casal e uma casa de banho. O quarto tinha uma decoração simples e minimalista, como o resto do hotel. No exterior do hotel existia uma piscina e um jardim com um excelente espaço para relaxar. 

 A Patrícia falava daquele projeto com tanto amor e tanta dedicação que é impossível alguém não gostar de a ouvir. Durante o resto da estadia sempre se mostrou disponível para nós e fez-nos sentir que estávamos em casa. Foi sem dúvida, o hotel mais acolhedor e mais bonito que alguma vez fui. Aconselho imenso este local e tenho a certeza que vou voltar lá!





quinta-feira, 1 de agosto de 2019

7 de 12 | Julho

Julho foi um mês looooooongo. Aconteceu tanta coisa neste mês que parece que passaram dois meses num só!
Em Julho eu trabalhei mais horas que o normal o que me deu muitas dores de cabeça mas também consegui aproveitar muitas horas de sol porque finalmente teve tempo para isso.

Tive a oportunidade de passar duas noites no hotel - em Viseu e no Porto - e consegui desfrutar dos momentos de descanso.
O Verão é óptimo para podermos passar mais tempo com as pessoas que não temos tanta oportunidade de estar durante o ano. É uma excelente altura para passar mais tardes no café a desfrutar do tempo livre que temos. Foram muitos os cafés e os jantares tardios com as minhas pessoas. 

Julho trouxe-me alguns concertos e deu para matar saudades das típicas noites de Verão. Também neste mês fui ao parque aquático de Amarante (e adorei!). 
Os Átoa celebram os 5 anos de existência mas ainda não foi desta que pude matar saudades deles! 

Que Agosto traga ainda mais dias de praia, mais jantares e noites com as minhas pessoas. Que seja um mês de concertos e de festas!
como foi o vosso mês? 

quinta-feira, 25 de julho de 2019

Guarda-roupa | Reutilizar

Cada vez temos mais facilidade de comprar roupa barata em lojas de shopping, por isso compramos roupa que se calhar não vamos usar assim tantas vezes. Com a quantidade de roupa que compramos surgem cada vez mais soluções para reutilizar a roupa que já só está em nossa casa a encher os armários e já nem nos lembramos que a temos.

Existem várias lojas que recolhem roupa usada com o objectivo de dar-lhe uma nova vida. A c&a e a h&m, por exemplo, recolhem roupa usada e oferecem um vale de desconto para usar na loja. 
Porém, começam a existir cada vez mais lojas a vender roupa em 2ª mão. Eu sou completamente apologista deste tipo de lojas porque assim estamos a dar uma nova vida à nossa roupa. 

Uma destas lojas que vende roupa usada é a Micolet.  
A Micolet vende roupa a preços super acessíveis com o objetivo de conseguirmos dar uma nova oportunidade à roupa, em vez de ficar com ela em casa a encher os armários. 

E tu? És a favor ou contra as lojas de roupa usada? Já conhecias a Micolet? 
Visitem o site e fiquem como eu, rendidos a esta loja. 

terça-feira, 23 de julho de 2019

Vamos falar de amor? | amor da tua vida ou para a tua vida?

Há uns tempos atrás surgiu no twitter a polémica de existir dois "tipos" de amor: o amor da tua vida e o amor para a tua vida. 
Uma youtuber que sigo pegou neste tema e fez um vídeo sobre a opinião dela e por isso hoje trago-vos a minha maneira de ver as coisas.
Deixo-vos o vídeo da Sara aqui para puderem ver vários pontos de vista.

A minha opinião:
Acho que não é justo estarmos com alguém sabendo que aquele não é o amor da nossa vida. Ou seja, quando nós estamos com alguém é suposto nós acharmos que aquele é o amor da nossa vida e que aquele amor vai durar para sempre.
Estar com alguém e saber que aquele amor vai acabar um dia é só ridículo. Ao estarmos com alguém temos de acreditar, fazer os possíveis (e impossíveis) para que aquele amor dure para sempre. O amor para a minha vida é suposto ser o amor da minha vida. Não consigo imaginar passar o resto da minha vida ao lado de alguém só porque é "o mais certo para mim". Eu imagino-me a passar a minha vida com alguém que eu goste de verdade e não só porque é o que me faz ter a vida mais estável. 


Depois de vos apresentar várias opiniões, qual é a vossa? 
Existe o amor da minha vida e o amor para a minha vida?

terça-feira, 16 de julho de 2019

Viseu | Hotel Onix

Quando se trabalha num centro comercial temos de aproveitar os poucos fins-de-semana que temos livres. Como não celebramos juntos os seis anos de namoro, juntamos o útil ao agradável e passamos o fim-de-semana de Julho a namorar e a celebrar (as conquistas e o amor).

A nossa ida a Viseu juntou a missa de finalistas da Dri com um fim-de-semana romântico. Nunca tinha ido a Viseu e por isso tudo naquela cidade era novo para mim.
Ficamos no hotel Onix para podermos aproveitar o sol (que não foi muito) e a piscina do hotel.

O hotel não tinha a decoração mais bonita de sempre porém a relação qualidade-preço justificou a 100% a escolha deste hotel. A localização era muito boa, os funcionários eram simpáticos e atenciosos. A piscina era grande, muito bem localizada num local muito sossegado e foi possível passar lá tempo a relaxar.  Recomendo o hotel a toda a gente que queira aproveitar os dias para descansar.

O local nunca é o mais importante, o mais importante é estarmos juntos e aproveitarmos o tempo que temos para namorar.


(as fotos não são da minha autoria) 

sexta-feira, 12 de julho de 2019

5 anos de ÁTOA

Os "meus" miúdos fazem hoje 5 anos de existência! Tenho tanto orgulho em tudo aquilo que eles foram conquistando e no percurso que estão a seguir. 
Nunca vou conseguir explicar o quão feliz sou nos concertos dos ÁTOA! Nunca vou conseguir descrever o meu sentimento de felicidade todas as noites de verão passadas a vê-los tocar.
Se dependesse de mim, ia a um todas as semanas e juro que não me cansava. Sinto-me em casa quando estou lá.


Deixo-vos aqui duas das novas músicas deles. Oiçam e apoiem a música portuguesa.


terça-feira, 9 de julho de 2019

O que visitar em Viseu?

Digam-me sítios que valem a pena visitar e locais para comer que sejam de visita obrigatória!

terça-feira, 2 de julho de 2019

Ouve o teu corpo. Cuida daquela dor de cabeça que já te anda a chatear há semanas. Passa tempo sozinha. Cuida do teu cabelo. Pratica desporto. Ouve a mesma música mil vezes. Dança como se não houvesse amanha. Lê bons livros. Vê filmes que te fazem chorar de tanto rir. Aprende a dizer não. Vê o amanhecer e o pôr-do-sol no mesmo dia.  Saí da tua zona de conforto. 
Pára de por toda a gente em primeiro lugar na tua vida. Começa a fazer aquilo que gostas e não aquilo que as outras pessoas querem que tu faças. Cuida da tua saúde mental. 

domingo, 23 de junho de 2019

Férias '19

Já têm planos para o Verão?

Contem-me o que vão fazer! 

segunda-feira, 10 de junho de 2019

Música | Hit de Verão


O David Carreira ainda consegue surpreender as pessoas. Lançou uma nova música na passada sexta-feira e promete ser um hit de verão. Eu tenho a certeza que esta será uma música que irá marcar este verão! Está no número 1 das tendências no youtube em Portufgal e superou todas as músicas já lançadas por ele. 
Já conhecem?
O que acharam?

terça-feira, 4 de junho de 2019

Ensino Superior

Qual é a vossa opinião?
Mestrado a seguir à licenciatura ou ano de pausa?

sexta-feira, 31 de maio de 2019

5 de 12 | Maio

Como gosto de o intitular, maio é o mês dos estudantes. Maio é o mês dos testes, das entregas mas também o mês das serenatas, das despedidas, das festas, e de ver o sol nascer.
E este ano, Maio ganhou ainda mais sentido e emoção. 

Nunca vou conseguir descrever a 100% tudo o que vivi este mês, nunca vou conseguir agradecer tudo o que me aconteceu este mês - mesmo as coisas menos boas. 
Comecei o mês a batizar os meus caloiros, a ser surpreendida com um pedido de apadrinhamento e a pensar que não ia aguentar estas emoções todas durante o mês inteiro. Vieram as serenatas, o traçar de capas e o momento de abraços fortes, e chegou o tão esperado dia de finalistas. 

A imposição das insígnias, os abraços de quem sempre esteve presente, o almoço que irei recordar por muitos anos e a missa de finalistas - sim, porque aproveitei tudo o que tinha direito neste dia. 
Chegou o tão esperado enterro da gata, e com ele vieram as fotos aleatórias, as conversas com desconhecidos, as conversas profundas e as tardes no café só para recuperar. 
E estudante que é estudante deixa tudo para o ultimo dia por isso, acabou o enterro e chegaram as datas de entrega de trabalhos. Chegaram as tardes a estudar, a fazer trabalhos de grupo e relatórios finais.
Foi também neste mês que chegou o ultimo dia de estagio, a última aula da licenciatura e assim, o fim de uma etapa. 

Este mês foi também mês de cafés com as minhas pessoas, mês de decisões e ponderações e, sobretudo, foi um mês de descobertas. Fiquei mesmo feliz com as pessoas que redescobri este mês, com os momentos que passamos juntos e com memórias que fomos criando. Há aqueles que ficam, ano após ano, e aqueles que aparecem e te marcam de uma maneira diferente. 

Fiz seis anos de namoro, e apesar de não o termos celebrado juntos, foi mais uma vitória que conquistamos juntos.

O Benfica foi campeão nacional, os ÁTOA lançaram um CD e eu marquei mais uma viagem (e já são duas na agenda!). 

Maio foi, sem dúvida, um mês de surpresas.




segunda-feira, 20 de maio de 2019

Campeão Nacional


Meu Grande Benfica ❤️