quarta-feira, 31 de maio de 2017

Maio' 17

Se em Abril eu achava que Maio seria um mês muito muito muito intenso e que nem ia dar pelo tempo passar, eu não sabia mesmo o que estava a dizer. Maio foi provavelmente dos melhores meses destes últimos tempos. Finalmente fui genuinamente feliz e consegui tirar partido de tudo o que me aconteceu em Maio.

Maio é sem dúvida o mês dos universitários, mais ainda dos caloiros que vivem tudo pela primeira vez e com a intensidade que não iremos viver mais. Este mês o importante não era dormir 8h por noite, jantar às 20h ou almoçar às 13h. O importante era não ter horários e conseguir aproveitar tudo sem não deixar para trás as coisas que são importantes. 

Eu fui tão feliz no meu baptismo. E tenho a certeza que vivi o momento da melhor maneira. Vivi. Sem pensar em tudo o resto. Estavam lá as minhas pessoas, todas que foram importantes ao longo deste ano. E foi incrível, como eu nunca imaginei que seria. 
Eu fui genuinamente feliz nas serenatas e no jantar de família. 

Fui ainda mais feliz em todas as noites do Enterro da Gata onde estive com todas as pessoas que me fazem sentir realizada. E se dizem que o melhor enterro é o primeiro? Eu não vivi os outros, mas tenho a certeza que este vai ser o melhor de todos. 

Depois do enterro da gata voltei à rotina. Voltei ao trabalho - e recebi noticias que não me fizeram muito feliz, e comecei a estudar (a sério!).

Festejei no passado dia 28 os quatro anos de namoro com a melhor pessoa que tenho na minha vida, e mais uma vez, fui MESMO feliz no fim-de-semana que passamos juntos (e que estávamos mesmo a precisar).

O meu mês terminou com estudo intensivo e com demasiadas horas passadas na universidade mas que eu acredito que vão valer a pena.  


terça-feira, 30 de maio de 2017

Comer | Deguste

Domingo tive a oportunidade de ir pela primeira vez ao Deguste. Já me tinham falado muito bem do local e então decidi dar-lhe uma oportunidade. 
Admito que sou um bocadinho picuinhas em relação a restaurantes, principalmente quando se fala em hamburgueria artesanal. Acho que depois de encontrarmos o nosso sitio de eleição temos medo de experimentar outros e ficar desiludidos. Por isso fiquei um bocadinho pé atrás quando decidi experimentar porém surpreendeu-me bastante. 
Optei por um Autenticus e fiquei rendida. As batatas são das melhores batatas que já provei, com um sabor autentico e diferente do que estamos habituados. O pão também era diferente do que comemos em todos os lados e talvez por isso o hambúrguer ficou com um sabor especial. 
O almoço foi servido com uma rapidez incrível e o atendimento foi super atencioso e prestável. 

De formal geral, a minha opinião sobre o local é bastante positiva, e tenho a certeza que voltarei lá. 
A relação qualidade preço é bastante satisfatória! 



Recomendo vivamente que experimentem!

quinta-feira, 25 de maio de 2017

As coisas mudam, ok?


Há coisas que simplesmente deixam de fazer sentido do dia para a noite. E não tem de haver uma razão ou explicação lógica.
 Aquela deixa de ser a nossa música preferida e cansamo-nos de a ouvir, aquele deixa de ser o nosso livro predilecto e aquela blog deixa de fazer sentido para nós porque tudo o que escreve parece não ser verdadeiro. E pronto. Não tem de existir uma pagina a explicar o porquê de deixar de ser tão bom como era, simplesmente deixou de ser, aos nossos olhos. 
Porém a culpa não tem de ser do livro, da música ou de quem escreve o blog. A culpa é de todos os factos da vida que unidos fizeram com que agora já não nos identificasse-mos mais. E pronto. É isto, e eu sei que o texto está um bocado estúpido mas eu precisava de partilhar.

segunda-feira, 22 de maio de 2017

Consegues ouvir?


Como é bom ser do Benfica!

Semana Académica ' 17

Apetece-me chorar. Ainda nem acredito que tudo já passou. Passou a semana que é, provavelmente, uma das melhores da nossa vida. É estranho voltar a dormir às 00h, e não ser a essa hora que estou a sair de casa para ir para o Enterro da Gata.
Foi uma semana muito intensa, começando com o batismo de curso - em que tive a certeza absoluta que tinha feito  a melhor escolha ao escolher aquela madrinha para mim. 
As serenatas, o jantar de família e o traçar de capa com aquela família que eu pude escolher para mim e que faz tanto sentido. 
O inicio do Enterro da Gata em que eu disse que ia todos os dias, E FUI!!!!!!.
 Não consigo arranjar as palavras para descrever o ambiente que se vive nas festas académicas. Eu sei que normalmente associamos muito álcool a essas festas, mas acreditem que é possível divertirmo-nos muito sem ficarmos alcoolizados, e é possível beber água nessas festas.
Conheci pessoas incríveis, tirei fotos lindas, estive com pessoas que nunca pensei encontrar, vi o sol nascer todos os dias e senti-me mesmo feliz por estar na melhor academia do país. 
Apetece-me bombardear-vos agora com 1000 fotos que tirei nesta semana numa tentativa de conseguir provar o quão incrível foi mas acho que por mais que tente não vou conseguir. Só percebemos quem esteve lá. 





Como foi a vossa semana académica? 


quarta-feira, 17 de maio de 2017

17 de Maio de 2017

À melhor madrinha da academia, à melhor mãe do mundo que sempre me apoiou, ao namorado que sempre me ouviu a reclamar, ao melhor primo “a praxe faz-te ir para além dos teus limites”, à melhor irmã “por favor Cat, não vais desistir agora!”, à Ana e à Ângela que fizeram com que eu me mantivesse sempre lá – sem hesitar por um segundo “Vamos passar isto juntas. Só acaba no dia 17 de Maio, e vamos estar lá as duas”
À Joana Meneses e à Joana Almeida que sempre me deram aquela força especial e disseram que me queriam ver lá no dia do cortejo, sem desistir. “Tu és capaz de mudar aquilo, aguenta, já falta pouco.” Ao bloco de Miei e em especial ao 24 por nunca, nunca, nunca me deixar sequer pensar em desistir. “Se quiseres liga-me eu vou animar-vos, mas ninguém desiste. Nem penses nisso”. Por me fazer chorar, por dizer “quem me dera poder encher por ti.” 
A todos aqueles que contribuíram para eu não desistir, por me darem força para ir até ao fim!
  Obrigada por me fazerem mudar de ideias sempre que tive dúvidas existenciais. 

sábado, 13 de maio de 2017

Dá-me o 36!!!

Falta tããão pouco!!
Vamos com tudo, meu Benfica.

terça-feira, 9 de maio de 2017

Parabéns Ju !


Parabéns a uma das miúdas mais incríveis que conheci neste mundo.
Eu agradeço muitas vezes - à vida e às pessoas - por todas as coisas boas que me têm acontecido, e a Joana ter aparecido na minha vida e ter-me apoiado tanto foi umas das melhores coisas que me podia ter acontecido naquela fase. 
Obrigada Ju, por me teres apoiado sempre, por leres sempre os meus textos antes dos outros lerem, por me ajudares no blogue e na vida. 
Espero que tenhas tudo o que mereces, és uma miúda fantástica! Foste das melhores coisas que a blogosfera me deu!


quinta-feira, 4 de maio de 2017

Semana Académica

No ano em que sou caloira da melhor academia do país quero ir ao enterro da gata todos os dias!


Em que dias nos vemos por lá? 

segunda-feira, 1 de maio de 2017

Abril'17

Eu sei que vocês não tiveram sinais de mim durante quinze dias este mês. Cheguei ao ponto de me perguntar se este blog fazia ou não sentido. Decidi mudar o blog e o conteúdo que vos transmitia com cada texto que escrevia. 
Durante o tempo em que não estive por cá estive a viver um bocadinho mais offline - e soube-me mesmo bem. 
Comecei o mês com a ida à festa da Radio Festival onde tive oportunidade de ver vários artistas, entre eles, os ÁTOA, os DAMA, o Mickael Carreira, Diogo Piçarra, e muitos mais. Foi a primeira vez que fui eu gostei mesmo muito. Apesar de cada um só cantar duas ou três músicas deu para os ver e matar saudades daqueles concertos do verão! 
Foi o mês em que começamos a fazer os pedidos de apadrinhamento e em que eu fiz o meu, à melhor madrinha daquela academia e não podia estar mais feliz. Comprei o meu traje e tive a honra de o poder fazer com a minha (futura) madrinha, com a minha melhor amiga e com as minhas duas irmãs de praxe. 
Foi um mês em que tive férias da universidade mas que me cansei muito enquanto ia trabalhar.
Consegui tirar alguns momentos para cafés com os amigos que me têm acompanhado este percurso académico, e ficar algumas tardes na esplanada a conversar.
Vivi as quartas académicas de uma maneira espectacular, rodeada de pessoas espectaculares.
Foi o mês da Pascoa, de reflectir e de viver a Pascoa como já não vivia à muito tempo. 



Sei que o próximo mês será muito muito muito intenso e que nem vou dar pelo tempo passar. Estou ansiosa por viver tudo aquilo que a universidade tem para nós neste mês e quero vive-lo de uma maneira muito intensa.
Espero que o vosso mês tenha sido tão incrível como o meu e que o próximo ainda seja melhor!