terça-feira, 30 de dezembro de 2014

Adeus 2014, foi um gosto

Ando meia perdida naquilo que realmente sou. A menina sorridente, feliz, persistente anda desaparecida. Ás vezes a vida tem destas coisas.

Estou magoada. Depositei, naqueles que achava que eram verdadeiros, o meu mundo e parece que afinal não são assim tão verdadeiros. Pensei que as coisas seriam mais fáceis.
Perdi varias pessoas este ano. Mas ao contrario do resto das vezes, a menina que ia atrás e que lutava cansou. Cansei de ter de ser sempre eu. Desta vez eu disse “está tudo bem, és livre” e eles foram.
Criei amizades. Criei um grupo que sei que estarão lá. Não serão eles a dizer as palavras mais bonitas, mas sei que serão eles a secar as lágrimas e fazer aparecer sorrisos.
Apaixonei-me 365 dias pela mesma pessoa, e naqueles dias em que chorei por ele, mesmo aí eu sabia que estava apaixonada por ele. E foi por ele que o meu coração partiu um bocadinho. Daí estar tão frágil. mudei tanto e devido à pessoa que me deu o melhor, e o pior.
Fiz amizades passageiras, sorri! Sorri muito! Chorei! Quis desaparecer!
Durante este ano também me senti perdida. Levantava-me por obrigação, comia por obrigação e raramente havia alguma coisa que me fazia sentir bem. Até que encontrava alguém que dizia: “Hey cat, que se passa? eu sei que não estás bem” Ouvi isto das pessoas que menos esperava ouvir. Serviu muitas vezes como um abre olhos. Afinal ainda há alguém que goste, se preocupe, se importa. 

3 comentários:

  1. Tudo vai melhorar minha linda, vais ver! Qualquer coisa sabes que estou aqui, só mandar mensagem * :) <3

    ResponderEliminar
  2. Vais ver que 2015 te irá surpreender pela positiva e será um ano melhor :)
    Cátia

    ResponderEliminar