segunda-feira, 5 de setembro de 2016

O que queres ser quando fores grande?


Quando tinha 13 anos e comecei a pensar naquilo que fazia achava que com dezoito ia ter toda a minha vida decidida e encaminhada. Sabia exatamente o que queria e com quem queria estar (dizia eu). Achava mesmo que aquelas desilusões seriam as maiores da minha vida.
Achava que aquele seria o amor da minha vida, e não me via sem ele. Era tudo para mim. Estive com ele um ano e meio e foi dos melhores anos da minha vida. Não só por o ter ao meu lado, mas por ele me ter feito crescer como fez.
Nunca cheguei a acreditar quando me diziam "vais ter tantas saudades de ter treze anos!". Mas assim que fiz dezasseis dei-lhes razão! Quem me dera ter treze agora.

O tempo foi passando e eu percebi que não sou nada boa a tomar decisões, e tenho muito medo do futuro. Percebi que afinal ser grande não ia ser assim tão divertido como eu imaginava. Tudo aquilo que imaginava não passava disso - imaginação.

A vida não te vai tirar o chão aos treze, não acredites nisso. Aliás, provavelmente vai ser aí que vai começar a ser extremamente divertido viver. A vida vai te dar muitas pessoas boas, e algumas vão magoar-te, mas é só para te fazer crescer.

Sabes aquele grupo de amigos que vais ter aos quinze anos? Cuida deles, são provavelmente os amigos que vais levar para toda a tua vida. Quando começas a crescer as pessoas começam a estar contigo por interesse e não por gostarem de ti como és. Alias, se encontrares alguém que goste de ti como tu és, sente-te com sorte! Começa por dizer as pessoas o quanto gostas delas. E não te esqueças daqueles que estiveram sempre contigo (aqueles dos quinze anos) por muitas pessoas que conheças depois.

Não são as escolhas dos treze que são complicadas, são as consequências dessas escolhas que te vão tirar muitas horas de sono.


                                Quando for grande quero ser o quê? Pequenina de novo! 

9 comentários:

  1. Quando chegares aos 21 vais-te sentir exatamente assim sobre os teus 16 :)

    ResponderEliminar
  2. Às vezes também tenho muita vontade ser pequenina de novo! Menos problemas de gente grande!

    ResponderEliminar
  3. disseste tudo!
    - estás quase a receber um email meu :p

    ResponderEliminar
  4. Honestamente, acho que o nosso mal é mesmo ter tanta pressa em crescer!

    r: Concordo contigo :)

    ResponderEliminar
  5. Ora aí está uma boa opção, voltar a ser pequenina!


    Isabel Sá
    Brilhos da Moda

    ResponderEliminar
  6. Não me importava nada de voltar a ter 13 anos... mas foi exatamente como tu disseste, achei que aquilo era o máximo que me ia acontecer na vida (era feliz com essa ilusão, até vir pior). Beijinho.

    ResponderEliminar
  7. Quero ter quinze anos para sempreee!

    R: Tive vergonha ahaha :')
    Além disso, não queria incomodar...

    ResponderEliminar
  8. Em criança tinha a minha vida toda decidida. Mas crescemos e os caminhos que seguimos são outros. Ser criança é bem diferente de ser adulto :) beijinho

    ResponderEliminar